quarta-feira, 12 de junho de 2013

Não importa (Larissa Rocha)




Não importa quanto tempo leve
Quantas vidas eu tenha que viver
De quantos sonhos tenha que abrir mão...
Faria o que fosse preciso fazer

Não importa quantos versos eu escreva
Nunca bastaria pra te falar do meu amor.
Mesmo se eu sofrer, mesmo se chorar,
Pra estar contigo, farei o que preciso for.

Saiba que também a distância não importa
No meu pensamento posso te alcançar
E toda vez que estiveres triste,
Terás meu abraço pra te acalmar!




Mais poemas meus aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não tenho ambições nem desejos.
Ser poeta não é uma ambição minha,
É minha maneira de estar sozinho.
(Fernando Pessoa)