segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Escreve-me.

Parte de mim esta feliz com sua partida, com o fim da história que só existia em nossa mente. Outra parte, (a maior ,receio) ainda espera que você me escreva dizendo: "Descobri que não vivo sem você". Não porque eu te amo mas pela necessidade que tenho de saber que não fui a única a guardar lembranças. Por favor, perdoe o motivo egoísta, não quer dizer que nunca te amei, se é que amei...não sei na verdade mas se tivesse certeza não seria especial. Queria uma palavra sua só pra saber o que esconde aí no seu íntimo e o que pensa da mensagem que eu te escrevi e que até hoje você não respondeu...por medo...ou desprezo.

2 comentários:

Não tenho ambições nem desejos.
Ser poeta não é uma ambição minha,
É minha maneira de estar sozinho.
(Fernando Pessoa)